segunda-feira, março 17, 2008

O Digital Drops faz dois anos e quem ganha o presente é VOCÊ! (Reversal Russa, sobre o Digital Drops)

Vários motivos me levaram a fazer este bost, entre eles: 1) gosto muito de posts com temas pré-definidos; 2) gosto mais ainda quando me dão alguma coisa por eles; 3) Luke Skywalker cheira bem, mas o Boba Fett! Acompanhem:

O ano é 2006, mês de fevereiro

Naquele tempo o Perdigotos estava inativo por falta de idéias boas (as idéias continuam ruins hoje, mas minha auto-crítica diminuiu) e, sem ter nada a ver com isto, entrava no ar o primeiro post do Digital Drops, um excelente blog sobre tecnologia que veio a mudar minha maneira de ver o assunto. Mas de que forma?

Entendendo o contexto da época

Como todo geek que se preza sempre acompanhei o mundo das bugingangas e da informática com muito interesse, até que lá pelos idos de 2005 o hype esfriou (para mim). A evolução tecnológica chegou a um patamar em que ninguém apresentava idéias novas, apenas aperfeiçoava as existentes.

Veja como exemplo os iPods. Em setembro de 2005 foi lançado o iPod nano (ainda na versão Luigi, não na atual versão Super Mário) e junto com ele a nova cara do iPod Classic (ou iPod "grandão"). Tudo muito bonito, mas... dã! Era um iPod pequenininho e outro fininho! E faziam as mesmas coisas dos outros!

Outro exemplo eram os videogames. A Microsoft acabara de lançar o Xbox 360, que era um console com milhares de recursos gráficos e sonoros, tudo muito bonito, mas... dã! Eu ainda tinha que apertar os malditos botõezinhos (cada vez em maior quantidade) para fazer a coisa funcionar!

E os celulares? Tudo que se lia sobre celular é que esse tirava foto com 1.3 megapixel, aquele tirava com 2 mp e esperem! Lançaram um com 3.2? Tudo muito bonito, mas... bem, vocês já sabem.

Os sites nacionais sobre tecnologia eram um caso à parte... A maioria deles ficava postando resenhas de aparelhos novos *bocejo* e o único que valia a pena era o bom e velho O Velho , que infelizmente com seu layout de técnico em informática fazia explodir meus neurônios gráficos.

Igual a qualquer brasileiro de classe média vivendo com o dólar a quase três reais, em 2006 só me restava ver na internet os aparelhos inacessíveis na vida (em) real. E qual é a graça de se ver iPods do tamanho do meu bolso de moedas se nem moeda eu tinha pra botar nesse bolso? Eu queria ver coisas diferentes, ousadas, e é aí que entra (finalmente) o Digital Drops.

A alternativa do Digital Drops

O Nick Ellis (dono do DD) não se preocupava em colocar apenas o que estava sendo lançado, mas sim em apresentar produtos conceituais, que nem saíram da prancheta de seus autores. Eram (e continuam sendo) invenções que fazem a gente babar pelo potencial que a tecnologia pode alcançar, mantendo a fé na humanidade (se um dia cair um desses na minha mão podem me matar, porque eu já vi tudo que queria).

Tanto que até hoje o Digital Drops consta em primeiro na minha lista de blogs, como vocês podem ver neste printscreen.

A favor temos também o fato do Nick Ellis sempre fazer promoções trazer produtos antenados com o meio-ambiente, além de apostar num design limpo e ágil e de nunca ter desistido de esperar o lançamento do iPhone, mesmo quando o improvável aparelho era motivo de piada (tipo o Chinese Democracy, do Guns N' Roses). Acho que nem o Gui Leite teve tanta paciência com a Apple.

Mesmo hoje, onde iPhones e Wii's passeiam pelas ruas, ainda me espanto com o que o futuro nos reserva (eu sei que o Wii não "passeia pelas ruas", mas esperem para ver o Portable Wii, ou P-Wii) .

É isso aí. De qualquer forma, parabéns ao site. Se eu não ganho o pendrive com este post sem nenhum poder de síntese, pelo menos ganho um link.
Até a próxima.
P.S.: Apesar da cara de post patrocinado, quem me conhece sabe que falei sinceramente sobre o assunto. Até porque quem ia patrocinar este meu blog? E para ganhar o quê? Dois leitores? Sim, você e esse cara esquisito aí espiando por cima do seu ombro!

-----
Faixa-Bônus

Enquanto pensava neste bost várias opções de título surgiram na minha mente. Veja e tire suas próprias conclusões sobre porque elas foram descartadas.
"Há (não) muito tempo atrás, numa blogosfera muito distante..."

"2006, o ano em que fizemos contato."

"O DD faz dois anos. Não o RPG, seu idiota."

"O Digital Drops faz dois anos e quem ganhará o presente SEREI EU!"
E pensando melhor, o título escolhido deveria estar aqui também...

3 comentários:

Anônimo disse...

sinais gráficos ... é mais fácil tirar leite de pedra doque achar os acentos desse teclado espanhol ...) Nao podia deixar de dizer que gostei do seu senso de humor ... nao sei se é bem um elogio, o fato e que me identifiquei ... desejo sorte no seu trabalho e (por perceber uma baixa estima de sua parte) pedir que nao desista das pessoas ... a maioria dos genios nao ganharam noteriedade em vida e nunca foram compreendidos!
É isso! Obrigado!
(prefiro ficar anonimo ... mas se quiser falar comigo antoniosantanasouza@gmail.com

se cuida!

Gley disse...

Obrigado pelos elogios, amigo. O blog anda parado por falta de tempo, mas volte em breve porque terei novidades aqui.

Só não entendi o seguinte: você gostaria de ficar anônimo mas publicou um e-mail com seu nome no texto do comentário? Foi por engano?

Marcelo Salgado disse...

Fala Gley!

Bom, primeiro preciso dizer que adoro o Rírous! Quando eu leio, penso comigo mesmo: "queria ter feito isso"! :P
Valeu pelo coment lá no meu tosco blog. Você tem razão, é Blogueiros - A SÉRIE (inclusive está assim no JN), e não a SITCOM. O que eu fiz foi um joguinho de influência, pois torço para o gênero COMÉDIA ganhar...

Até mais!
Marcelo Salgado